Desviaram-se todos e juntamente se fizeram imundos: não há quem faça o bem, não há sequer um.    

Salmos 14:3 

Nos dias de Davi a iniquidade cresceu de maneira tal que ele se expressou exageradamente dizendo que não existia ninguém que fizesse o bem e que invocasse o Senhor. Todos haviam se corrompido e desviado dos caminhos do Senhor. Nos dias de hoje, da mesma forma, estamos longe dos parâmetros divinos, pois diante de Deus todos são culpados (Romanos 3:23), por mais que nos esforcemos. Perante Deus o único perfeito foi Jesus Cristo. A Palavra nos diz que nossos pecados nos separam de Deus e é por intermédio dela que a escuridão do pecado na qual o ser humano está mergulhado se desfaz em luz. A salvação é um dom de Deus e o homem precisa de um salvador, sendo que o caminho do perdão é ofertado ao arrependido que busca a misericórdia divina. Assim todo ser humano pode ser feliz e encontrar a paz “Deixo-vos a paz, a minha paz vos dou” (Jo 14:27). Ainda há tempo, mas não muito! Busquemos a Jesus Cristo o único e suficiente salvador.

 

Fonte https://pib7joinville.com.br/estudos/devocionais/4363-setima-opressao-segunda-feira.html

0
0
0
s2smodern