Ao que distribui mais se lhe acrescenta, e ao que retém mais do que é justo, é para a sua perda.    

Provérbios 11:24 

A lei da semeadura é totalmente válida quando tratamos de bens materiais. Nesta área, a matemática com toda a sua exatidão entra em conflito com a natureza. Lembro-me de que na minha infância, minha mãe sempre estimulou a mim e às minhas irmãs a poupar. O banco estadual criou e distribuiu, para estimular o hábito de poupar, primeiro grandes, depois pequenos cofrinhos com formato de porquinhos em pé, que seguravam uma moeda com a logomarca do banco. Todos queriam ter um, eram verdes, brancos, amarelos... - ”onde se coloca algo, há sempre para retirar”. E apesar da grande dificuldade financeira que enfrentamos, foi com os recursos de poupanças que minha mãe conseguiu adquirir nossa primeira casa própria. No Reino a lei é diferente: Quanto mais generoso for, tanto maior será a riqueza. Sem esbanjar, agindo com sabedoria, sem avareza, com disciplina e bom senso, sob a liderança do dono de todas as coisas.

Fonte https://pib7joinville.com.br/estudos/devocionais/4228-o-rico-e-o-lazaro-segunda-feira.html

0
0
0
s2smodern