Quem amar o dinheiro jamais dele se fartará; e quem amar a abundância nunca se fartará da renda; também isto é vaidade.    

Eclesiastes 5:10 

O mundo capitalista é cruel e implacável com seus subordinados. Certa vez, um professor meu de história falava com nossa classe sobre o predomínio do dinheiro e sua influência no mundo: - O universo capitalista não vê com bons olhos aqueles indivíduos que não se preocupam em capitalizar - comentou. Por outro lado, existem aqueles que fazem dos lucros sua razão de viver. A bíblia chama isso de avareza, e Deus, por Sua vez, não a vê com bons olhos. Ele sabe que o apego sórdido e demasiado ao dinheiro afasta os Seus filhos e os condena a uma vida de autoescravidão. Em Ezequiel 7:19 diz-se de um tempo em que as riquezas não mais saciarão seus donos visto que lhes serviram de tropeço para caírem em iniquidade. Sendo assim, o Senhor nos chama a um viver puro e regado por Sua graça e, nessa conduta, não há lugar para a mesquinhez e o egoísmo causados pelo desejo de lucrar, lucrar e lucrar.

 

Fonte https://pib7joinville.com.br/estudos/devocionais/4231-o-rico-insensato-domingo.html

0
0
0
s2smodern